Pular para o conteúdo

Diferença entre primeiro e segundo leilão?

Já sabemos que o processo de venda de um imóvel para quitar uma dívida do devedor ao credor, se chama Hasta Pública ou Leilão. No entanto, ela pode ocorrer através em duas hastas públicas, ou comumente chamada primeiro e segundo leilão. Mas qual seria de fato a diferença entre primeiro e segundo leilão?

Antes de um imóvel ser oferecido em hasta pública, uma série de procedimentos devem ser seguidos, dentre eles a avaliação do imóvel. Cumpridos os procedimentos iniciais, o imóvel vai ao primeiro leilão – praça – podendo ser arrematado por um preço igual ou superior ao que fora avaliado.

Nesta etapa, isso é, no primeiro leilão, deve-se ter maior atenção ao valor anunciado, pois além de o preço da avaliação poder ser subjetivamente destoante da noção de valor do arrematante, pode-se perder as oportunidades que ocorreriam somente no segundo leilão.

Caso no primeiro leilão não haja lances para arrematar o imóvel, a hasta pública daquele bem vai para a sua segunda versão: segundo leilão.

Curso Leilão de Imóveis. Muito mais que a diferença entre primeiro e segundo leilão

Mas qual é a diferença do primeiro para o segundo leilão?

No segundo leilão, o bem é anunciado com preço inferior ao preço da avaliação inicial, podendo chegar a até 50%. Menos que 50% do valor da avaliação, seria considerado Preço Vil e o leilão poderia até ser cancelado.

Contudo, conforme se vê, no primeiro leilão o bem é anunciado com lance mínimo igual ao valor da avaliação. Por outro lado, no segundo leilão, o bem será anunciado por valor inferior ao preço da avaliação, podendo chegar a um lance mínimo de 50%.

Embora o lance mínimo do segundo leilão seja inferior ao do primeiro, o interessado deve se atentar. Alguns imóveis são arrematados no primeiro ou segundo leilão. Tudo dependerá do interesse das pessoas. Contudo, quanto mais a pessoa entender de avaliação de imóveis, melhor fundamentada será a decisão de dar um lance no primeiro leilão ou de aguardar as oportunidades de um segundo leilão.

Assim sendo, esteja atento a todos detalhes e documentos do imóvel e busque informações acerca do potencial de lucratividade. É muito comum os investidores experientes aguardarem o segundo leilão, no entanto, se o imóvel for uma boa oportunidade no preço de avaliação, pode ser que o segundo leilão não ocorra.

O seu sucesso começará entendendo a diferença entre o primeiro e segundo leilão e tomando as decisões mais sensatas.

Curso de Avaliação de Imóveis Online com Murilo Reis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.